Beber & ComerSão Paulo

Taormina, um típico restaurante italiano em São Paulo

Taormina, um típico restaurante italiano em São Paulo - Muito mais do que comida italiana, é possível viver uma verdadeira experiência gastronômica com uma culinária da região da Itália famosa pelos filmes de Máfia do Poderoso Chefão! Estou falando da Sicília, que claro, além da fama dos mafiosos, a ilha reserva belezas incríveis para quem a visita. Mas como eu ainda não fui visitá-la, vou falar um pouco da minha experiência nessa cantina incrível que fica em São Paulo e que é um verdadeiro encanto para os amantes da boa gastronomia.

Restaurante Taormina, gastronomia siciliano em São Paulo
Restaurante Taormina, gastronomia siciliano em São Paulo

Estive em São Paulo para um evento de marketing e turismo, mas como tenho muitos amigos pela cidade, sempre tento dar um jeito de reencontrar alguns deles quando estou por lá. Desse vez consegui marcar com um antigo amigo de infância, ao qual não via faz muito tempo, e foi ele quem sugeriu conhecermos o restaurante Taormina, pois apesar de já morar em Sampa há muito tempo, ele também ainda não conhecia a cantina.

O ambiente simples e aconchegante do restaurante Taormina
O ambiente simples e aconchegante do restaurante Taormina

Chegando no restaurante dá pra sentir o clima bem aconchegante, a entrada parece uma casa residencial, com uma varanda e jardim na frente. Ao entrar você vê um salão simples, muito bem arrumado, com estilo caseiro, como se estivesse entrando na casa de uma família italiana.

Logo somos recebidos por um garçom, que vai logo avisando, o “cardápio sou eu”. Parece estranho, mas é isso mesmo, a casa não tem cardápio de impresso, são os garçons que informam quais são os pratos do dia. Isso por que cada dia existe algumas opções que variam ao longo da semana, mas o almoço sempre é composto por uma entrada, o prato principal, sobremesa e um café delicioso no final.

O Menu do restaurante Taormina

Como falei antes, o menu é fechado, então logo o garçom nos oferece 3 opções de entrada e depois de comer a entrada, ele volta para oferecer cerca de 5 opções de pratos principais. Os pratos variam a cada dia, porém existem alguns tradicionais que estão disponíveis todos em mais de um dia. São os “carros chefes” da casa.

A ENTRADA
No dia que eu fui, tinha duas opções, a beringela parmegiana ou batatas com gorgonzola e amêndoas. Apesar de estar bem bonita, confesso que não sou muito fã de beringela, então optei pela segunda opção. As batatas estavam bem temperadas e com gorgonzola derretido na medida certa por cima com salsinha. Muito bom e com bonita apresentação!

Soube que existe uma outra opção de entrada com batatas, servidas com ragu, mas que minha ignorância gastronômica não permitia saber que diabos era ragu. Ok, aprendi, achei que seria algo muito exótico ou algum tipo de broto da região, mas não, ragu nada mais é do que uma espécie de molho a bolonhesa, mas com pouca carne (na próxima vamos experimentar!).

Uma das opções de entrada, batatas com gorgonzola e amêndoas.
Uma das opções de entrada, batatas com gorgonzola e amêndoas.

O PRATO PRINCIPAL
Depois de degustar a entrada, o garçom volta com as opções do dia, confesso que foram mais de 4 e como minha memória não é boa, tive que pedir para ele repetir umas duas vezes pra mim. Mas ele pacientemente não só repetiu como deu mais detalhes dos pratos que eu demostrei interesse. No fim, me decidi por um dos principais pratos do restaurante, um Fusilli com molho de tomate e linguiça calabresa fatiada. O molho realmente é uma coisa fantástica e bem farto, tanto que depois de acabar com a massa, dá pra ficar um bom tempo saboreando o molho com pedaços de pão fresco!

O detalhe ainda engraçado e simpático do restaurante é que no caso de pratos com esse tipo de molho abundante, o garçom coloca gentilmente uma espécie de “babador de segurança” em você para garantir que não aconteça nenhum acidente com sua roupa…heheh!

Fusilli com molho de tomate e linguiça calabresa fatiada
Fusilli com molho de tomate e linguiça calabresa fatiada
O abundante molho do Fusilli que ao final da pra aproveitar com pão e eu com o "babador" por segurança.
O abundante molho do Fusilli que ao final da pra aproveitar com pão e eu com o “babador de segurança”.
Fusilli com molho de tomate e linguiça calabresa fatiada
Fusilli com molho de tomate e linguiça calabresa fatiada

SOBREMESA
No meu caso, a sobremesa ficou apenas com a porção de frutas frescas antes do Café. Bom, eu não aguentava mais nada (daqui a pouco eu explico o porque) então a porção leve de fruas caiu bem, mas é óbvio que numa casa siciliana, você terá a opção de comer um doce típico da região, o verdadeiro Cannoli da Sicília.

Frutas para sobremesa
Frutas para sobremesa

O CAFÉ
Para finalizar não poderia ser melhor, pelo menos para apreciadores de café como eu, pois ele vem servido na moka. Para quem não sabe, moka é uma cafeteira à pressão que elabora o café por meio de vapor de água e é conhecida também como cafeteira italiana. O café vem acompanhado de um mini Cannoli, para arrematar de vez esse ótimo almoço.

Café na moka e com mini Canollis
Café na moka e com mini Canollis

A experiência no Restaurante TAORMINA

A experiência de apreciar uma boa gastronomia já é garantia de sucesso para o restaurante, mas é interessante ver como o bom atendimento faz parte do diferencial deles, de uma forma bem natural, pois os garçons são sempre muito ágeis e proativos. Além disso, se você faz aniversário prepare-se, uma roda com boa parte da equipe cantando musicas italianas para celebrar sua data poderá surgir a qualquer momento em volta de sua mesa.

A equipe do restaurante fazendo a festa para o aniversário de um cliente
A equipe animada do restaurante cantando pra comemorar o aniversário de um cliente

A NONNA HELENA E O BOM ATENDIMENTO
O mais bacana é ver a Dona Helena Morici, há muitos anos a frente do negócio e comandando a cozinha até hoje, com a total preocupação em manter a qualidade e o bom atendimento. Como eles tem o foco de atender quem está ali para um almoço no horário de trabalho ou na correria de uma agenda apertada de negócios, o atendimento é ágil na medida certa. A própria Dona Helena vai pessoalmente conversar com os clientes na mesa para se certificar que tudo correu bem.

Ela veio conversar com a gente, esbanjando simpatia e bom humor, mas quando soube que eu pedi um Fusilli tradicional, me perguntou se eu não queria experimentar  o famoso Fusilli Mafioso, especialidade da casa. Lembra quando falei ali no momento da sobremesa que eu não aguentava mais nada? Pois é, foi por que a Dona Helena me convenceu de (depois do prato principal) ainda comer uma pequena prova do Fusilli Mafioso feito especialmente pra gente de cortesia. E nossa, valeu a pena! O Fusilli vem em formato de cubinhos, com  molho de tomate com berinjela tostada (ok, já disse que não gosto muito de beringela né? Mas foi só separar) e ainda com queijo de cabra por cima e folhas de manjericão. Enfim…Muito bom!

Fusilli Mafioso, uma das principais opções do restaurante
Fusilli Mafioso, uma das principais opções do restaurante

Vale lembrar que a proposta do restaurante é oferecer o melhor da gastronomia siciliana, mas eles só abrem para almoço, então não adianta ir pra lá pensando num jantar pois o funcionamento deles é apenas de 12h às 15h durante a semana e sábado, domingo e feriados até às 16h. O valor do almoço pode variar entre R$55 e R$76 dependendo do tipo de massa ou do dia (fins de semana e feriados o valor é mais alto).

INFORMAÇÕES

Endereço: Alameda Itu, 251 – Cerqueira César – São Paulo – SP
Telefone: (11) 3253-6049
Site: (Não tem)
Horário: segunda a sexta: 12:00 – 15:00 / sábado, domingo e feriados: 12:00 – 16:00


 
Boas Viagens e lembrem-se….Seu destino é você quem faz!
 
VIVA EXPERIÊNCIAS intrip.com.br
CURTA facebook.com/intripBR
SIGAtwitter.com/intripBR
VEJA instagram.com/intripBR
Post anterior

Conheça a Amazônia através de turismo de voluntariado

Próximo post

Dicas de parques e bosques para conhecer em Curitiba