Beber & ComerO que fazerSerras no RioTeresópolis

Uma cafeteria com gatos por todos os lados

Quando fiquei sabendo que em Teresópolis, na região serrana do Rio, tinha uma cafeteria com gatos por todos os lados, eu confesso que não imaginei que um lugar que vende comida combinaria com tantos gatos soltos. Mas ainda bem que eu fui pessoalmente conhecer a Gatto Macchiato, uma cafeteria muito boa e com um projeto muito bacana de incentivo de adoção dos bichanos.

Os bichanos são a maior atração da cat café Gatto Macchiato em Teresópolis
Os bichanos são a maior atração da cat café Gatto Macchiato em Teresópolis

A Gatto Macchiato é uma Cat café, sim isso existe, e é um conceito que teve origem lá em Taiwan, com gatos realmente soltos no meio dos clientes, subindo nas mesas e literalmente pulando no colo de quem estava por lá. As cat cafés se espalharam pelo mundo e fizeram muito sucesso, no Japão por exemplo, só em Tóquio são cerca de 40 estabelecimentos. Lá os bichanos ainda andam soltos pelo meio dos clientes, mas com algumas regras de interação.

Por aqui a vigilância sanitária brasileira não permite quaisquer animais em ambientes onde há comida, então não seria possível esse tipo de interação. Em Sorocaba-SP, surgiu a primeira Cat Café nacional, mas justamente pela regra nacional, os gatos ficam isolados numa sala com paredes de vidros para os clientes poderem observar os gatos relaxadões em sua casa. A cat café de Teresópolis é a primeira do Brasil, e uma das únicas da América Latina, que permite a interação com os gatos, mas calma, não tem gato pulando na mesa não, nem no colo de ninguém. Os gatos também ficam isolados num ambiente todo preparado para eles, super confortável e com regras para as visitações. Mas é muito bacana!

A Gatto Macchiato, a primeira cat café com visitação do Brasil.
A Gatto Macchiato, a primeira cat café com visitação do Brasil.
Ambiente aconchegante, familiar e com boa música nos fins de semana
Ambiente aconchegante, familiar e com boa música nos fins de semana

VISITANDO OS GATOS

A visitação na área dos gatos só pode ser feita entre os horários de 11h às 18h, com limitações de número de pessoas ao mesmo tempo dentro do local, além disso cada grupo só pode ficar lá dentro no máximo 15 minutos. Outras regras como não entrar com comida, tirar os sapatos (e colocar protetor nos pés), não pegar os gatos a força, respeitar o espaço deles e deixar que eles se aproximem por livre espontânea vontade, são algumas das orientações dadas por uma tratadora durante toda a visita.

Nossa visita foi num domingo de manhã, a cafeteria fica mais tranquila nessa hora. Chegando lá tiramos os sapatos, ouvimos todas orientações da tratadora e entramos, a casa tem alguns gatos residentes fixo, mas a maioria fica lá só até ser adotado, no total, no dia que fomos, eram cerca de 13 gatos. Achei que nosso filho, com pouco mais de 1 ano, poderia ter um efeito mais agressivo de carinho e os gatos não reagiriam bem, mas que nada, foi amor a primeira vista. Nosso BabyIntrip se deu super bem e adorou interagir com os gatos. É possível comprar uns pacotinhos de rações para alimenta-los, compramos alguns para interagir melhor, e não é que nosso pequeno viajante teve a coragem de alimenta-los direto na boca! Animais fantásticos, tratados e bem calminhos…se deram super bem e foi uma ótima experiência.

Existe uma área de 70m² preparada especialmente para os gatos.
Existe uma área de 70m² preparada especialmente para os gatos.
As crianças e nós adultos, nos divertimos no meio dos bichanos.
As crianças se divertem no meio dos bichanos…. e nós adultos também!
Nosso babyIntrip dando, com todo o cuidado, a ração dos gatinhos
Nosso babyIntrip dando, com todo o cuidado, a ração dos gatinhos


O PROJETO DE ADOÇÕES DE GATOS

Mas os gatos não estão ali só para entretenimento dos clientes, pelo contrário, existe um projeto muito bacana e sério por trás disso. Os donos da Gatto Macchiato são apaixonados por gatos, visitaram Cat cafés em Toronto e Edimburgo antes de adaptarem a ideia para o Brasil. Justamente por gostarem tanto desses animais, eles criaram todo um processo para manter os gastos ali. Os animais são examinados, vacinados, vermifugados, castrados e acompanhados por veterinários para medica-los durante um período de quarentena até serem liberados para ficarem na área de visitação. Quem se interessar em adotar precisa preencher um formulário, com uma espécie de entrevista, só para ver se você não é nenhum psicopata e pode se adaptar a viver e cuidar bem de um dos gatinhos. Os gatos chegam ali através de uma parceria com uma Ong e também de pessoas que levam gatos resgatados das ruas e que precisam de ajuda. Todos são examinados pelo veterinário e passam pelo processo de recuperação para aguardar por adoção enquanto são bem tratados e ainda divertem os clientes da cafeteria.

Os gatos são muito bem tratados e tem um ótimo espaço enquanto esperam pela adoção.
Os gatos são muito bem tratados e tem um ótimo espaço enquanto esperam pela adoção.
Para respeitar e preservar o bem estar dos gatinhos, existem regras para a visitação.
Para respeitar e preservar o bem estar dos gatinhos, existem regras para a visitação.

MAS TEM CAFÉ E GASTRONOMIA TAMBÉM

Bom, mas é claro que o local não é só pra visitar os gatos, aliás, tem gente que prefere ver os gatos apenas do outro lado do vidro que separa o local onde eles ficam, saboreando um café ou a bela gastronomia. A área de visitação tem cerca de 70m², toda preparada para os gatos, mas mesmo quem não entra para interagir, consegue olhar os bichanos. E ainda tem um deck muito bom no lado de fora onde é permitido levar seu animal de estimação, afinal uma cafeteria que cuida tão bem de gatos, obviamente é natural que seja pet friendly também né?!

Durante o dia a cafeteria tem o foco em seus cafés, salgados, doces e até um cardápio de almoço executivo. Depois das 18 horas eles se transformam em um bistrô, para você aproveitar um chopp gelado, vinhos, drinks e experimentar um prato exclusivo da casa. Final de semana ainda rola música ao vivo, com Jazz, blues, rock, bossa nova, MPB e outros estilos de bom gosto. Ahh, mas fiquem tranquilos, depois das 18h a área dos gatos é fechada, as luzes minimizadas e o som não chega lá para incomoda-los…nessa hora os gatos vão descansar!

Café de qualidade, mas claro, com xícara temática
Café de qualidade, mas claro, com xícara temática
café durante o dia e um bistrô a noite.
café durante o dia e um bistrô a noite.
Um deck externo onde rola música ao vivo e você pode levar o seu animal de estimação.
Um deck externo onde rola música ao vivo e você pode levar o seu animal de estimação.

Com certeza visitar essa cat café em Teresópolis é uma grande experiência, o lugar é bem familiar, decorado com muito bom gosto e com temas de gatos (é claro) e funciona numa casa comum, restaurada e adaptada para receber a cafeteria. Nós adoramos e com certeza vamos voltar muitas vezes ainda!

SERVIÇO

Horário de Funcionamento: 11h às 00h
Horário de visitação aos gatos: 11h às 18h
Endereço: Rua Nilza Chiapeta, 35 – Várzea – Tresópolis-RJ
Tel: 21 2742-9355
email: gerencia@gattomacchiato.com.br


 
Boas Viagens e lembrem-se….Seu destino é você quem faz!
 
VIVA EXPERIÊNCIAS intrip.com.br
CURTA facebook.com/intripBR
SIGAtwitter.com/intripBR
VEJA instagram.com/intripBR
Post anterior

Tour Rota Cervejeira saindo de Teresópolis

Próximo post

Belga Hotel, Design e tecnologia para se hospedar no Rio de Janeiro