O que fazerRio (capital)Rio de Janeiro

Pista Claudio Coutinho na Urca, para caminhar aos pés do Pão de Açucar

Se você gosta de caminhar, vai precisar conhecer a Pista Claudio Coutinho na Urca! Para quem gosta de caminhar a cidade do Rio de Janeiro já oferece infinitas opções de lazer, seja com cenários mais urbanos, com trilhas ou com ciclovias na beira da praia…enfim, a cidade parece que foi feita para atividades ao ar livre! Mas caminhar aos pés do maior símbolo da cidade, não tem preço e particularmente, eu adoro esse cantinho do Rio, pois é ótimo para curtir a tranquilidade do local e as belezas naturais, ou seja, não deixe de fazer uma caminhada na Pista Claudio Coutinho.

Pista Claudio Coutinho na Urca
Pista Claudio Coutinho na Urca
Os pequenos Saguis são um dos muitos animais silvestres visto por lá.
Os pequenos Saguis são um dos muitos animais silvestres visto por lá.

Gosto da Pista porque lá tem uma vista diferente do Pão de Açúcar e também da Praia Vermelha. A tranquilidade é muito grande e o local é ferquentado por viajantes e por cariocas, que gostam de praticar caminhada e corrida. Outra pratica de esporte comum por lá é o alpinismo, pois a pista dá acesso a vias de escaladas no morro da Urca e ao costão do Pão de Açúcar. Quem ainda é iniciante pode usar pequenas paredes de rochas ao longo da pista, que funcionam de forma semelhante com aquelas paredes de escaladas indoors, mas com a vantagem de estar praticando ao ar livre, por isso sempre tem gente treinando escalada por lá!

Alpinistas usam os várias paredes de rochas ao longo da pista para treinar
Alpinistas usam os várias paredes de rochas ao longo da pista para treinar
A Praia Vermelha vista de um outro ângulo
A Praia Vermelha vista de um outro ângulo
Praia Vermelha - Urca
Praia Vermelha – Urca, onde começa a Pista Claudio Coutinho

Mesmo se você não for praticar algum esportes, a simples caminhada pelo local já vai render um belo passeio e ótimas fotos. A pista fica entre o morro da Urca e o mar, ou seja, a medida que você vai se afastando do inicio dela e vai subindo, vai passar a ouvir só o barulho das ondas e de pássaros que ficam nas matas da encosta. Por falar nisso, são vários os animais silvestres que vivem por lá e normalmente é possível encontrar com alguns deles, principalmente o simpático “sagui”, um pequeno macaco que aparece o tempo todo, chegando pertinho dos visitantes, em alguns momentos parece até que gostam de fazer pose para fotos! Mas um AVISO, não alimente os animais hein! Isso pode interferir e prejudicar o ecossistema local!

Sagui querendo uma Selfie!
Sagui querendo uma Selfie!
Ao longo da pista é possível curtir o visual do mar e da mata nativa.
Ao longo da pista é possível curtir o visual do mar e da mata nativa.
Ao longo de toda a pista o visual é fantástico e o barulho das ondas constante.
Ao longo de toda a pista o visual é fantástico e o barulho das ondas é  constante.

Além de poder fazer uma boa caminhada e aproveitar o clima do local, uma das coisas que particularmente curto fazer por lá é ficar nas rochas observando o mar e a bela vista com um ângulo diferente da Praia Vermelha. Para isso é preciso ficar atento, pois em alguns trechos da pista existem pequenas entradas para uns caminhos pela mata que descem até as rochas. Normalmente esses caminhos são abertos e usados por pescadores que ficam nas rochas para pescar. Mas ficar ali sentado um tempo curtindo visual é poder “pescar tranquilidade”! Vale a pena, mas cuidado para não escorregar, pois em alguns pontos as rochas tem fendas grandes entre elas!

Pequenas caminhos ao longo da pista, levam até as rochas a beira-mar.
Pequenos caminhos ao longo da pista levam até as rochas a beira-mar.
Dupla do intrip curtindo o visual nas rochas da Pista
Dupla do intrip curtindo o visual nas rochas de frente pro mar

 

TRILHA DA URCA

A Pista Claudio Coutinho ainda oferece acesso a uma ótima opção para quem curte fazer trilha, é a “Trilha da Urca” que tem cerca de 900 metros  de subida íngreme, mas com um nível moderado, bem tranquilo, que não exige conhecimento técnico para fazê-la. Claro, apenas vai ser preciso uma boa dose de disposição, um mínimo de preparo físico e um garrafinha de água para repor as energias. Em cerca de 30 minutos já é possível chegar no topo do Morro da Urca, o primeiro estágio antes de chegar ao morro do Pão de Açúcar quando se vai de bondinho. Mas essa é uma outra história e depois contamos como é fazer essa trilha, ok?!

No meio da pista fica o acesso para a "Trilha da Urca"
No meio da pista fica o acesso para a “Trilha da Urca”

 

A HISTÓRIA
O nome da pista é uma homenagem ao ex-treinador da Seleção Brasileira de Futebol Cláudio Coutinho, que se formou na Escola de Educação Física do Exército. E foi justamente o Exército Brasileiro que criou a pista no final da década 80. Ela tem a extensão de 1,25 km, com marcação de distância a cada 50 metros.


HORÁRIO DE FUNCIONAMENTO
Sim, a pista tem horário de funcionamento e bem controlado. Existe um portão no início da pista que abre as 6h00 e fecha às 18h00. É proibida utilização da pista como ciclovia e também não é permitido a entrada de animais domésticos. As crianças só podem entrar acompanhadas por adultos.


COMO CHEGAR
Não poderia existir ponto de referência melhor do que um dos principais cartões postais do Rio, pois a pista fica colada ao Pão do Acúcar, na Urca. Basta ir até a Praia Vermelha, seguir à esquerda da praia, que logo será possível ver o acesso à entrada da pista. Aí é só aproveitar e curtir o visual!

A pista Claudio Coutinho percorre por toda a extensão do Morro da Urca e do Pão de Açúcar
A pista Claudio Coutinho percorre por toda a extensão do Morro da Urca e do Pão de Açúcar

 

Boas Viagens e lembrem-se….Seu destino é você quem faz!
 
VIVA EXPERIÊNCIAS intrip.com.br
CURTA facebook.com/intripBR
SIGAtwitter.com/intripBR
VEJA instagram.com/intripBR
Post anterior

Inglês para viajar! Aprenda de forma personalizada

Próximo post

Turismo e cultura são uma combinação perfeita para viver novas experiências