DestaquesDestinosDicas & NewsO que fazerTeresópolis

Como subir a Pedra do Sino

Como subir a Pedra do Sino – Vamos te dar algumas dicas importantes para você saber como subir a Pedra do Sino, o ponto mais alto da Serra do Órgãos, com 2.275m de altitude. Localizada na região serrana do Rio de Janeiro, a trilha possui vários mirantes e pontos para práticas de outros esportes (como escalada e rapel). E no cume da Pedra do Sino é possível ter uma incrível visão panorâmica de toda a região!

Foi realmente uma experiência incrível a que vivemos fazendo essa trilha, mas antes de falar da nossa experiência subindo a trilha, acho importante dar algumas dicas e informações caso você também queira viver essa aventura na Pedra do Sino….

PedraSino_intrip2013_nocaminhoNo alto da trilha em direção a Pedra do Sino

 

QUANDO SUBIR

A melhor época para subir a trilha é no outono e inverno, entre os meses de maio e julho, pois o risco de chover no alto da montanha é bem menor em relação ao verão, onde sempre há chuvas fortes. Porém, prepare-se para o frio, pois provavelmente você vai encarar temperaturas baixas, algo entre 10ºc a 0ºc. Na verdade, é possível que lá no alto a temperatura em alguns dias fique negativa ou com sensação térmica em torno de -5ºc. O horário de subida vai depender do seu objetivo, mas a dica boa é se programar para curtir o pôr do Sol e o nascer do sol no cume, então é aconselhável você pensar que caso o ritmo seja bem lento, a subida pode levar até 7h, então comece a subir no máximo as 10h00 da manhã.

COMO CHEGAR

A Trilha da Pedra do Sino fica dentro do Parque Nacional da Serra dos Órgãos. É possível vir pela sede da cidade de Petrópolis em uma caminhada que leva cerca de 2 dias, a chamada “Travessia Petrópolis-Teresópolis que passa por outros picos da Serra dos Órgãos, mas isso já é uma outra aventura que em breve vamos contar por aqui. A melhor opção para quem quer só subir a Pedra do Sino é entrar no parque pela sede de Teresópolis, uma cidade que fica a cerca de 90km do Rio de Janeiro.

Para chegar de Carro:
Saindo do Rio de Janeiro, pegue a rodovia Washington Luiz e siga até a saída que dá acesso à rodovia Rio-Teresópolis (BR-116), quando chegar em Teresópolis, logo após passar pelos arcos de entrada, fique atento, aproximadamente uns 300 metros a frente, à esquerda, se encontra a entrada do parque nacional (PARNASO).

Para chegar de ônibus: Existe ônibus saindo de hora em hora da rodoviária Novo-Rio. A empresa que faz o trajeto é a Viação Teresópolis. Fale com o motorista que você vai querer ficar na entrada do Parque, pois a rodoviária fica dentro da cidade bem distante do portão do parque, que fica no inicio da cidade. Não esqueça de levar sua mochila com você, pois se conseguir descer antes, não vai rolar deixar nada lá em baixo no bagageiro.

PedraSino_intrip2013_estradaNa rodovia Rio-Teresópolis (BR-116), já é possível avistar a serra.


O QUE LEVAR NA MOCHILA

Procure não levar coisas desnecessárias, pois no final de 12km, com certeza o peso de sua mochila vai influenciar muito no seu ritmo de caminhada e nas dores que você vai sentir no corpo depois! Nossa dica é que você consiga manter a mochila com um peso total entre 5 a 8 kg. Considerando que você vai subir num dia e voltar no outro, pense que você vai precisar apenas de coisas básicas. Além de casacos e comida, leve lanterna (se tiver uma lanterna de cabeça, ótimo! Vai ajudar na trilha!) saco de dormir, saco plástico (pra trazer seu lixo de volta), papel higiênico, um isolante térmico (caso você vá dormir no chão), colchonete (se for dormir no abrigo, normalmente tem colchonetes disponíveis, mas eu não arriscaria). Leve alguma coisa para primeiro-socorros básicos e remédios simples para casos de dor de cabeça e sintomas de gripe, ahh não custa também um caixinha de Band-aid!

O QUE LEVAR PRA COMER

Essa parte é muito importante! Na subida é preciso repor muita energia e se hidratar bem! Leve muito carboidrato (macarrão ,pão, etc…), água (leve Squeezes pois é possível reabastece-los no caminho e no abrigo), chocolate, barras de cereais, frutas. Leve também coisas rápidas e simpels de comer durante o caminho e algo mais elaborado para seu jantar, pois é possível usar a cozinha do Abrigo 4 (inclusive lá tem panelas, pratos, canecas e talher).

Dica de cardápio (pelo menos foi o que nós levamos): Pequenas barras de chocolate, biscoito de maizena, Sanduíche de queijo (embrulhado no papel aluminio), barras de cereal, 2 squeezes com água, saquinhos de suco prontos (aqueles que é só misturar na água e tá pronto!), Miojo ou Cup Noodles, lata de sardinhas (e/ou atum), 1 saquinho de queijo ralado, Nescafé e 2 ovos cozidos (Isso mesmo! Faça 2 ovos cozidos um dia antes, embrulhe em papel aluminio e leve com você. Na hora do jantar basta tirar a casca e pronto! Isso, junto com o queijo ralado, vai dar um tremendo realce no seu miojão!)

2_PedraSino_intrip2013_mochilaPreparando a mochila para a subida de 12km

 

2_PedraSino_intrip2013_cozinhaA cozinha do Abrigo 4 tem estrutura para os viajantes prepararem suas refeições.

O QUE VESTIR

Outra coisa muito importante! Na subida, mesmo que o tempo esteja frio, você vai sentir muito calor e suar bastante. Aconselho subir de camisa de manga curta e de material dri fit (aquele de camisa de time de futebol) e de calça de caminhada ou cargo, típica de montanhismo (de material impermeável, estilo tecido Tactel). Você pode subir de bermuda também, mas lá no alto tem trechos em que o mato é mais fechado, tem pedras e ai sempre corre o risco de pequenos cortes. Vá com um tênis com solado bom e de preferência que seja impermeável, pois eles vão molhar com certeza! É legal comprar uma meia própria pra caminhada (de trekking), pois elas são sem costuras e são bem grossas. E embaixo dessa meia grossa, coloque uma daquelas meias finas (que se usa com sapato social), pois as duas juntas ajudarão a evitar bolhas (ahh e leve meias extras, pois elas devem molhar no caminho, lá no alto, quase no fim da trilha sempre tá molhado!). Leve um casaco grosso e impermeável (com capuz de preferência), uma capa de chuva (ou um Anorak), alguns casacos mais finos para colocar por baixo e fazer camadas ( a quantidade vai depender do quanto você aguenta frio, mas lembre-se de controlar o peso da mochila). Leve gorro e luvas também. Protetor solar é aconselhável. Leve um chinelo também (caso você vá ficar no abrigo) pois não é permitido a entrada de calçados lá, para não deixar o abrigo cheio de lama..afinal, seria difícil uma faxineira chegar lá para limpar! rs

 

ONDE DORMIR

Você pode acampar ou dormir no Abrigo 4 à 20 minutos do cume. Mas para ambos os casos será necessário reservar a entrada antes para ter o acesso ao parque, pois a quantidade de pessoas é limitada e controlada tanto na trilha, como no abrigo e no camping.

Acampando: Não é permitido acampar na trilha (somente em caso de emergência, o qual será preciso justificar depois o motivo). Antigamente era possível acampar no cume, mas agora não é mais, então o único ponto permitido para acampar é na área em frente ao Abrigo 4. É possível utilizar toda estrutura do Abrigo (Cozinha e banheiro), inclusive se você não quiser subir com o peso de uma barraca, pode previamente alugar uma barraca no momento que for fazer a reserva de acesso ao Parque.

Dormindo no Abrigo 4: Existem duas maneira de dormir por lá. Em quartos que tem camas beliche ou na parte de cima, no Bivaque (uma espécie de sótão) onde você coloca o seu colchonete e/ou saco de dormir. O abrigo tem banheiro, cozinha (com utensílios), luz elétrica (abastecida por energia solar), chuveiro quente à gás (mas o banho quente é pago e limitado à 5 minutos…e o banho gelado é grátis!)

PedraSino_intrip2013_cachoeiraEuRoupa pra subir: camisa de Dri-fit (pode ser de time) e calça leve com tecido pra secar rápido

 

PedraSino_intrip2013_eunotopo2Para chegar no cume é preciso colocar casacos mais pesados.

 

2_PedraSino_intrip2013_abrigoO Abrigo 4 tem boa estrutura e uma área para camping na frente.

ACESSO AO PARQUE

Para subir na Pedra do Sino é preciso pagar algumas taxas ao Parque Nacional da Serra dos Órgãos, o acesso é limitado e controlado. É necessário pagar uma taxa para uso da trilha e mais a reserva do local que você vai dormir ( Abrigo ou camping). Assim que passar pela portaria é preciso deixar seu nome e telefone e na volta da trilha é preciso passar novamente para avisar que você retornou em segurança.
O Parque fica aberto de 08h00 às 17h00, mas caso você faça a reserva das taxas da trilha e do local de dormir antecipadamente (e é preciso fazer com muita antecedência, pois é difícil arrumar vaga na época de alta), você poderá entrar no parque de 06h00 às 22h00.

Confira horários, valores de taxas e faça sua reserva aqui: www.parnaso.tur.br

PedraSino_intrip2013_placa2São várias as trilhas dentro do Parque com acesso pela sede de Teresópolis

PedraSino_intrip2013_placaA trilha da Pedra do Sino é uma das mais procuradas pelos viajantes no inverno.


A SUBIDA NA TRILHA

Chegando dentro do Parque Nacional da Serra dos Órgãos será preciso subir alguns quilômetros até o inicio da trilha. Se você estiver de carro, é possível subir e estacionar um pouco mais próximo do inicio da trilha. A primeira coisa que você precisa saber sobre a trilha é que, apesar de uma caminhada relativamente fácil, ela é bem extensa e pode se tornar bem cansativa (principalmente para quem está numa fase um pouco sedentária), então cadencie seu ritmo de subida para não se desgastar muito! O inicio da trilha parece ser difícil, pois além de ter muitas pedras no caminho para dificultar seus passos, o seu corpo ainda não vai estar acostumado e pode começar a sentir um pouco a altitude, mas logo o terreno melhora, seu corpo acostuma e as coisas começam a ficar mais tranquilas.
A dica é: dê um passo de cada vez (sem pressa)! E tente estipular um tempo para caminhar sem parar, algo em torno de 45 a 60 minutos, para depois desse período fazer pequenas pausas para descansar (uns 10 ou 12 minutos). A trilha tem cerca de 12km, com muitas curvas e alguns trechos um pouco mais íngremes, o que faz com que o tempo total de subida fique em torno de 4h a 7h (dependendo do ritmo do grupo). Procure sempre colocar o mais lento na frente para ditar um ritmo que todos aguentem sem problemas.

Durante todo o caminho é possível notar a mudança da vegetação, onde no início observamos a riqueza da mata Atlântica e já perto do topo, vermos uma vegetação rasteira de pequeno porte, típica de campos de altitude! Existem cachoeiras e vários mirantes ao longo do caminho, mas umas das mais bonitas é a Véu da Noiva, que fica a cerca de 1 hora de caminhada do início da trilha e é possível até arriscar um banho. A trilha é muito bem sinalizada, não tem como se perder neste trecho até o cume da Pedra do Sino, basta sempre seguir a trilha, o final dela é no Abrigo 4 do parque, mas mesmo assim aconselho ir com alguém que já conhece ou com um guia local. E claro, nunca ir sozinho, o ideal é ir pelo menos em dupla ou em um grupo de 4 pessoas. Veja o relato completo de como foi nossa experiência subindo a Pedra do Sino!


O CUME

Quando chegar no fim da trilha, você vai chegar no Abrigo 4 do Parque. Lá é melhor você montar sua barraca (caso tenha optado pelo acampamento) ou preparar sua cama/colchonete dentro do Abrigo. Deixe suas coisas, descanse um pouco, coma algo e beba água, depois vista casacos mais pesados, pegue apenas sua câmera fotográfica e prepare-se para “atacar” o cume! Para chegar lá você vai seguir uma trilha, em meio as rochas da montanha, de cerca de uns 15 minutos. Lá em cima venta muito e dependendo do clima do dia, a sensação térmica vai ser muito baixa! Mas prepare-se para ficar diante da vista mais incrível em um dos lugares mais tranquilos e relaxantes que você vai conhecer! Vale a pena!

PedraSino_intrip2013_subindoAo longo da trilha, existem vários mirantes com belas paisagens.

PedraSino_intrip2013_notopoNo alto da Pedra do Sino é possível ter uma vista panorâmica de toda região.

2_PedraSino_intrip2013_trilhaA trilha tem diferentes tipos de vegetação ao longo do caminho.

PedraSino_intrip2013_vegetacao3Perto do cume a vegetação é mais rasteira e colorida

Confira o ÁLBUM COMPLETO de nossas fotos!

EM BREVE
Post e video sobre nossa aventura nesse lugar incrível!

 
Boas Viagens e lembrem-se….Seu destino é você quem faz!

VIVA EXPERIÊNCIAS: intrip.com.br
CURTA facebook.com/intripBR
SIGA twitter.com/intripBR

Post anterior

Tunisia: E as pessoas, como são?

Próximo post

Cervejaria Bohemia em Petrópolis (RJ)

Comentários